Site compara quebras das Ferraris

O site português Forix, um dos mais completos em dados estatísticos da Fórmula 1, comparou nesta terça o número de vezes em que Schumacher e Barrichello foram obrigados a retirar-se das provas, por quebras do equipamento. O alemão estreou na escuderia italiana em 1996 e já participou de 104 corridas. Em apenas 13, ou 12,5%, não recebeu a bandeirada por problemas no carro. Já Barrichello, que começou a competir pela Ferrari em 2000, se apresentou para largar 45 vezes, incluindo o GP da França, em que não saiu do grid. Desse total, em 8 não concluiu a prova ou mesmo sequer largou, como este ano na Espanha e domingo, em Magny-Cours. Isso corresponde a 17,77%. Estatisticamente, divulga o site, a Ferrari de Barrichello quebrou 42,13% a mais que a de Schumacher.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.