Sob rumores de aposentadoria, Button diz que futuro está indefinido

O inglês Jenson Button declarou nesta quinta-feira que ainda não chegou a uma decisão sobre o seu futuro e está concentrado apenas no GP do Japão, no próximo domingo. Ele disse que ainda há "muitas possibilidades" em seus planos para 2016, e acrescentou que está em conversações com a McLaren.

Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2015 | 10h25

"Vocês vão ter que esperar por um tempo", disse Button. "Estamos tendo boas conversas, a equipe e eu. Há tantas possibilidades sobre o que pode acontecer no próximo ano", acrescentou.

O campeão mundial de 2009 tem sofrido nesta temporada com a falta de competitividade e chegou para a prova em Suzuka com seu nome envolvido em especulações de que iria anunciar a sua aposentadoria.

O britânico, de 35 anos, terminou na zona de pontuação em apenas duas 13 corridas realizadas nesta temporada. No último fim de semana, ele abandonou o GP de Cingapura por problemas no seu câmbio, e admitiu que os problemas da McLaren o incomodam.

"Eu não acho que qualquer piloto esteja alegre quando não está lutando por vitórias. É isso que nós estamos aqui para fazer, isso é o que nós amamos", disse. "Não, eu não gosto de terminar em 14º ou décimo, não é isso que me dá alegria ou me excita", completou.

Button disputará a sua 279ª corrida na Fórmula 1 neste domingo, sendo o piloto mais experiente na atualidade, tendo competido menos vezes apenas do que Rubens Barrichello e Michael Schumacher. Ele ganhou 15 provas desde a sua estreia em 2000 pela Williams, tendo triunfado pela última vez no GP do Brasil de 2012. "Eu vou ser feliz no próximo ano, isso é o mais importante", disse Button, mantendo o mistério sobre o seu futuro.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Jenson Buttonfuturo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.