Sobre o gelo, Raikkonen supera Massa com carro 4 x 4

O clima era de festa, mas a verdade é que nem Felipe Massa nem Kimi Raikkonen desejavam perder a disputa. Os dois, mais os espanhóis Luca Badoer e Marc Gené, pilotos de testes da Ferrari, e a dupla da Ducatti no Mundial de MotoGP, o italiano Loris Capirossi e o australiano Casey Stoner, participaram nesta sexta-feira da tradicional competição sobre o gelo com automóveis Fiat Panda 4 x 4, ao redor de um lago congelado, no centro de Madonna di Campiglio, na Itália. E a maior experiência de Raikkonen no piso escorregadio da fria Finlândia o permitiu chegar alguns segundos à frente de Massa. A organização do evento não liberou os pilotos para conversar com os jornalistas. Tudo o que a direção da Ferrari não deseja é que a imprensa explore o que poderia ser a primeira disputa entre os novos companheiros de equipe. Durante a corrida realizada já à noite, com cerca de 5 mil pessoas assistindo, o espetáculo enveredou mesmo mais para um show, tanto que logo no início o locutor chamou a atenção para a entrada do safety car. Na realidade, tratava-se de uma grande surpresa: Luca Badoer alegou problemas no seu Panda para não largar, mas era apenas uma desculpa para entrar na pista oval com a Ferrari usada ano passado por Michael Schumacher. Um carro de Fórmula 1, com seus quase 800 cavalos, sobre o gelo. "Eu podia virar o volante que não acontecia nada, a 248F1 seguia em frente. A única forma de fazer curva era acelerar forte para a traseira lançar-se", explicou Badoer. "Colocamos um modelo de Fórmula 1 para andar onde ninguém imaginava", disse Luca Colajanni, assessor da Ferrari. Badoer completou algumas voltas e retornou à área reservada e fechada com grandes tendas sobre o lago. Não se importou de perder sete voltas e voltou ao que seria uma corrida Na pista, as derrapagens nem sempre controladas de Raikkonen, Massa, Capirossi, aparentemente o mais hábil, Gené e Stoner encantavam o público, sob frio de um grau abaixo de zero. Capirossi parecia permanecer na frente enquanto desejasse. No fim, tirou o pé do acelerador próximo a linha de chegada para Raikkonen e um pouco atrás Massa receberem a bandeirada quase juntos também. Na classificação, onde todos fizeram questão de dar o máximo, Capirossi mostrou-se da mesma forma o mais rápido, com Raikkoen em segundo e Massa em quinto, separados por diferenças mínimas. Neste sábado, os quatro pilotos da Ferrari viajam para Maranello onde domingo a escuderia apresenta o primeiro carro da fase pós-Schumacher, cujo desenvolvimento já será realizado pelo novo grupo técnico do diretor Mario Almondo. Segunda-feira Massa o experimenta em Fiorano. Stefano Domenicali, novo diretor esportivo, não definiu ainda a estréia de Raikkonen na condução do carro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.