Lee Jae-won/Reuters
Lee Jae-won/Reuters

Sorte brilha para Alonso e espanhol vence na Coreia do Sul

Piloto da Ferrari conta com problemas de Vettel e Webber na pista encharcada de Yeongam para conquistar a quinta vitória na temporada e assumir a liderança do Mundial da Fórmula 1

ANDRÉ RIGUE, estadão.com.br

24 de outubro de 2010 | 06h57

Uma corrida incrível. Numa das provas mais conturbadas da história da Fórmula 1 por causa da chuva, tudo deu certo para o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, que contou com os problemas dos rivais da Red Bull para vencer o Grande Prêmio da Coreia do Sul, realizado no circuito de Yeongam. O espanhol, de quebra, chegou à liderança do Mundial. O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, acabou em segundo, e o brasileiro Felipe Massa completou o pódio.

Veja também:

mais imagens Confira a galeria de fotos

link Button admite ter poucas chances de lutar pelo título

link Barrichello valoriza 7.º lugar em corrida 'difícil'

link Massa celebra pódio e vitória de Alonso na Coreia do Sul

link Alonso comemora vitória sob chuva, mas contém euforia

link Hamilton diz que briga pelo título ainda está aberta

link Webber lamenta erro, mas mantém confiança em título

link Punidos, Buemi e Sutil perdem cinco posições no Brasil

Alonso chegou aos 231 pontos na soma geral do Mundial. Tem 11 pontos de vantagem sobre o australiano Mark Webber, que deixou a corrida após perder o controle de sua Red Bull e rodar. Em terceiro lugar na classificação aparece Hamilton, com 210. Vettel, que foi pole e liderou a prova na Coreia até a volta 45, quando o motor de seu carro explodiu, estacionou nos 206 e ficou em situação complicada.

 

Para se ter uma ideia dos problemas deste domingo na Coreia do Sul, a corrida começou pra valer somente na volta 18, depois de o safety car deixar a pista. Poucas horas antes da disputa, uma chuva torrencial castigou o circuito. A água trouxe lama para o asfalto e os organizadores tiveram muitas dificuldades para deixar a pista em condições. Fotógrafos de agências internacionais chegaram a encontrar até cobras nos arredores de Yeongam.

 

Os carros deram a largada na Coreia com a presença do safety car. Contudo, após três voltas a prova foi interrompida. Alonso chegou a declarar no rádio de sua Ferrari que era "a pior pista que ele já havia visto". Depois de 45 minutos de espera, o carro de segurança retornou à pista para ficar mais 15 voltas, quando enfim retornou para os boxes para a "verdadeira largada".

 

 

Pole, Vettel pulou na frente. Webber, no entanto, não teve o mesmo desempenho. Na volta 19, o piloto australiano rodou sozinho e viu seu carro tocar no muro de proteção. A Red Bull de Webber (foto) foi para a lama e ainda tirou da corrida o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, que não conseguiu desviar.

 

Alonso, por pouco, não teve a vida complicada pela Ferrari, quando os mecânicos se atrapalharam na troca do pneu dianteiro direito, na volta 32 - na ocasião, o espanhol chegou a cair para o terceiro lugar, mas conseguiu recuperar a posição ao ultrapassar Hamilton numa das inúmeras entradas do safety car.

 

Quando todos esperavam pela vitória de Vettel, a sorte sorriu para Alonso. Na volta 45, o motor do carro do alemão explodiu. Alonso passou, agradeceu e venceu a disputa na Coreia do Sul - a quinta vitória do espanhol na temporada.

 

Rubens Barrichello, da Williams, chegou em sétimo. Bruno Senna ficou em 14.º com a Hispania. Lucas di Grassi, da Virgin, abandonou.

 

CLASSIFICAÇÃO DO GP DA COREIA DO SUL APÓS 55 VOLTAS

1.º Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 2h48min20s810

2.º Lewis Hamilton (ING/McLaren) - a 14s999

3.º Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 30s868

4.º Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - a 39s688

5.º Robert Kubica (POL/Renault) - a 47s734

6.º Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) - a 53s571

7.º Rubens Barrichello (BRA/Williams) - a 1min09s257

8.º Kamui Kobayashi (JAP/Sauber) - a 1min17s889

9.º Nick Heidfeld (ALE/Sauber) - a 1min20s107

10.º Nico Hülkenberg (ALE/Williams) - a 1min20s851

11.º Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - a 1min24s146

12.º Jenson Button (ING/McLaren) - a 1min29s939

13.º Heikki Kovalainen (FIN/Lotus) - a uma volta

14.º Bruno Senna (BRA/Hispania) - a duas voltas

15.º Sakon Yamamoto (JAP/Hispania) - a duas voltas

NÃO COMPLETARAM

Arian Sutil (ALE/Force India)

Sebastian Vettel (ALE/Red Bull)

Vitaly Petrov (RUS/Renault)

Timo Glock (ALE/Virgin)

Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso)

Jarno Trulli (ITA/Lotus)

Lucas Di Grassi (BRA/Virgin)

Mark Webber (AUS/Red Bull)

Atualizado às 07h39 para acréscimo de informação

Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.