Spa-Francorchamps aceita alternar GP da F-1 com Nurburgring

Organizadores da prova belga alegam prejuízo de mais de 8 milhões de reais e sugerem parceria com pista alemã

30 de agosto de 2009 | 13h31

SPA-FRANCORCHAMPS - Os organizadores do GP da Bélgica insinuaram a possibilidade de alternar a sede de sua corrida com o circuito alemão de Nurburgring para diminuir as perdas com a organização da prova. Neste domingo, o presidente do Spa Grand Prix, Etienne Davignon, disse que espera prejuízo em torno de 3 milhões de euros (cerca de 8,07 milhões de reais) e que o futuro da prova esta ameaçado.

Veja também:

link Raikkonen vence na Bélgica e Barrichello é 7.º

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"A discussão com Bernie Ecclestone [diretor comercial da F-1] se baseia no fato de que estamos funcionando com um prejuízo demasiado grande e temos que tentar equilibrar isto", explicou Davignon. "Sabemos que é um déficit estrutural. Não podemos achar que é apenas pela crise econômica", continuou.

Spa-Francorchamps é uma das pista mais tradicionais do Mundial da Fórmula 1 e o contrato atual vai até 2012. "Sim, existe um acordo e nós já estamos no calendário do ano que vem. O que resta discutir é com relação após o vencimento deste contrato", prosseguiu Davignon. "No momento existe uma incerteza com relação ao futuro econômico de maneira global."

"O Grande Prêmio da Alemanha é em Hockenheim e eles já se mostraram dispostos a abandonar o revezamento com Nurburgring como sede da prova. Então, poderíamos nos candidatar, já que para nós é muito caro ter corridas todos os anos. Seria uma alternativa inteligente.", concluiu o dirigente. (com Reuters)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.