Stock Car: definição pode sair antes

Mesmo em uma temporada tão equilibrada, com cinco pilotos brigando diretamente pelo título, existe uma chance do vencedor da Stock Car Brasil 2002, categoria V8, ser definido antes da última etapa. E, como no ano passado, isso pode acontecer no Paraná e também com Chico Serra, que garantiu o título de 2001 três provas antes do final da temporada, em Curitiba. No dia 3 de novembro a cidade de Londrina recebe a penúltima etapa da principal categoria do automobilismo nacional, que pode apontar o campeão do ano. A programação também prevê a nona prova da Stock Car Light, que está igualmente em um momento decisivo e bastante equilibrado.O líder Chico Serra tem, com os dois descartes previstos no regulamento, três pontos de vantagem para o segundo colocado, Ingo Hoffmann, e oito para Beto Giorgi. Caso vença e os adversários não consigam pontuar, o atual tricampeão garante o quarto título consecutivo. Há ainda outra possibilidade: Chico tem de vencer, Ingo chegar no máximo em 13º lugar, somando três pontos, e Beto em oitavo, marcando oito pontos. Com essas combinações e como já descartou duas provas sem pontuar, o piloto da equipe Texaco já teria assegurado mais um campeonato.Apesar da possibilidade matemática, o campeonato tem se mostrado muito equilibrado e até mesmo Nonô Figueiredo e Cacá Bueno, respectivamente quarto e quinto colocados também estão no páreo. As performances ao longo do ano também tornam as coisas ainda mais equilibradas, pois tanto Ingo como Beto têm conseguido boas performances. Chico venceu três vezes (Rio, Curitiba e São Paulo), Ingo outras três (São Paulo, Londrina e Curitiba), Beto ganhou em Campo Grande e Brasília e Cacá faturou no Rio de Janeiro e em Guaporé (RS). Nonô não venceu, mas faz temporada muito regular.A classificação dos 10 primeiros colocados da Stock Car V8 após dez etapas e sem os descartes é a seguinte: 1. Chico Serra (SP), 137; 2. Beto Giorgi (SP), 136; 3. Ingo Hoffmann (SP), 134; 4. Nonô Figueiredo (SP), 111; 5. Cacá Bueno (SP), 108; 6. Alceu Feldmann (PR), 87; 7. Xandy Negrão (SP), 86; 8. David Muffato (PR), 70; 9. Guto Negrão (SP), 61; 10. Paulo Gomes (SP), 61.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.