Super Aguri, apesar da crise, confirma ida ao GP da Espanha

Mesmo à beira da falência, time japonês envia carros e pilotos para a corrida do próximo final de semana

Ansa

22 de abril de 2008 | 10h04

Apesar dos graves problemas financeiros e do futuro incerto, tudo indica que a escuderia japonesa Super Aguri irá, pelo menos, competir no Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1 deste domingo.A sobrevivência da escuderia continua ameaçada após tentativas frustradas de venda. No entanto, seu co-proprietário, Fumio Akita, acredita que os dois carros da equipe estarão na largada em Barcelona."Ouvi que os carros foram transportados para a Espanha, estão em viagem, esta é a ultima informação que tive", disse Akita.O Magma Group, que havia demonstrado interesse na equipe, renunciou recentemente às negociações com a escuderia.A temporada depende neste momento do financiamento da Honda, mas nem mesmo dela chegam boas notícias. Após dois anos de grande auxílio econômico, a Honda parece ter intenção de reduzir consideravelmente seu apoio financeiro.A Super Aguri, que tem como pilotos o japonês Takuma Sato e o inglês Anthony Davidson, foi a nona equipe entre as onze que participaram da temporada 2007 de Fórmula 1.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Super Aguri

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.