Super Aguri desiste de treinar em Barcelona nesta semana

Com o menor orçamento da Fórmula 1, equipe atrasa a apresentação do carro para a temporada

Agência Estado,

18 de fevereiro de 2008 | 16h16

A Super Aguri anunciou nesta segunda-feira que não vai participar da sessão de testes marcada para esta semana, de terça até sexta-feira, no Circuito de Montmeló, em Barcelona, com todas as outras equipes da Fórmula 1. O ex-piloto japonês Aguri Suzuki, proprietário da equipe, alegou "circunstâncias além de nosso controle", e prometeu que a equipe estará presente com dois carros nas sessões da semana que vem, de 25 a 27 de fevereiro. O plano inicial era apresentar o novo carro em Barcelona, já que, na semana passada, em Jerez, a equipe usou um modelo híbrido. A entrevista coletiva com Suzuki e o diretor técnico Mark Preston também foi cancelada. A equipe, que tem o menor orçamento da atual Fórmula 1, enfrentou problemas financeiros no ano passado, por causa de atraso nos pagamentos feitos por alguns patrocinadores, e houve boatos de que a equipe não teria dinheiro para disputar a temporada até o fim. Os testes em Barcelona, nesta e na próxima semana, serão os últimos antes do início da temporada, marcado para 16 de março, na Austrália. Nesta terça, Ferrari, Renault, Williams, Red Bull e Toyota começam a testar na Catalunha, enquanto a BMW estará em Valência. McLaren, Toro Rosso, Honda, Force India e a Super Aguri se juntam apenas na semana que vem.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Super Aguri

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.