Benoit Tessier/Reuters
Benoit Tessier/Reuters

Suspensão vira multa e Renault corre o GP da Europa

Franceses terão de pagar cerca de R$ 94 mil pela permanência de Alonso sem uma roda na corrida da Hungria

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2009 | 13h03

PARIS - A Renault vai participar do GP da Europa de Fórmula 1, que será disputado no próximo domingo, no circuito de Valência. O Tribunal de Apelações da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) julgou nesta segunda-feira o recurso da equipe contra a suspensão imposta após o GP da Hungria e decidiu transformá-la em uma multa de US$ 50 mil (aproximadamente R$ 94 mil).

Durante o GP da Hungria, o espanhol Fernando Alonso foi liberado dos boxes, mesmo sem a troca de pneus ter sido realizada de maneira correta durante o pit stop. Pouco depois, um dos pneus do carro de Alonso se soltou. A FIA decidiu punir a equipe por ter considerado seu comportamento negligente.

Com a decisão da FIA, Alonso, duas vezes campeão mundial na Fórmula 1, poderá correr no seu país natal. Agora, a expectativa é pela definição do outro piloto da Renault em Valência, já que o brasileiro Nelsinho Piquet foi demitido depois do GP da Hungria. O francês Romain Grosjean, atual piloto reserva, é o favorito para assumir um dos carros da Renault.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RenaultFIAFernando Alonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.