Takuma Sato fora do GP da Malásia

O japonês Takuma Sato, da equipe BAR-Honda, não irá disputar o GP da Malásia. Neste sábado pela manhã (na Malásia) o médico da Fórmula 1, Gary Hartstein, substituto de Sid Watkins, desaconselhou a sua participação da prova em razão de elevada febre causada por uma virose. A corrida no circuito de Sepang, disputada sob calor de 40 graus, é a mais exigente fisicamente dentre as 19 do calendário.O inglês Anthony Davidson, terceiro piloto da BAR-Honda, o irá substituir. A FIA distribuiu comunicado esclarecendo que Davidson terá de usar o mesmo carro utilizado até agora por Sato, equipado com os mesmos pneus, embora o motor possa ser novo. Com a mudança nas regras da Fórmula 1 havia muitas dúvidas sobre o que era permitido e proibido nessas situações. Na etapa de abertura do Mundial, dia 6 na Austrália, Sato e Jenson Button, o outro piloto da equipe, decepcionaram ao não marcar pontos. Ano passado a BAR-Honda foi a sensação da temporada ao classificar-se em segundo entre os construtores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.