Dan Istitene/AFP Photo
Dan Istitene/AFP Photo

Terceiro no grid no Canadá, Verstappen diz que será mais competitivo na corrida

Segundo piloto da Red Bull, o próprio tem vantagem em relação aos rivais por largar com pneus mais macios

Estadão Conteúdo

09 Junho 2018 | 18h50

Depois de fazer os melhores tempos nos treinos livres de sexta-feira, Max Verstappen, da Red Bull, fechou a sessão qualificatória para o GP do Canadá de Fórmula 1 neste sábado com o terceiro melhor tempo (1min10s937). Para o holandês, as retas longas do circuito Gilles Villeneuve, em Montreal, complicaram o seu desempenho para obter a pole inédita na temporada. Mas diz que será mais competitivo na corrida, que tem largada neste domingo, às 15h10 (de Brasília).

+ Sebastian Vettel celebra conquista da pole em Montreal: 'Carro esteve incrível'

+ Vettel bate recorde, é o mais rápido em Montreal e crava pole para o GP do Canadá

+ Verstappen lidera 3º treino seguido e desponta como favorito a ser pole no Canadá

"Temos um ótimo carro, mas é claro que, com essas longas retas, é muito difícil lutar pela pole position. E na corrida tudo muda um pouco. É por isso que, em geral, estamos sempre um pouco mais competitivos na corrida", comentou o piloto após a sessão. "Extraímos o melhor que pudemos da qualificação. Sabíamos que no Q3 seria um pouco mais difícil para nós, mas estar ainda tão perto dos primeiros é muito bom. O carro todo o fim de semana tem sido muito forte. Progredimos em todas as sessões", completou.

Max Verstappen larga atrás do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que fez a pole ao bater o recorde da pista de Montreal (1min10s764), e do finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, que cravou o segundo melhor tempo (1min10s857).

Apesar da posição, o holandês da Red Bull disse estar "muito feliz com esse fim de semana até agora". "Sabemos que na qualificação estamos perdendo a máxima velocidade, mas estar em terceiro é ótimo para nós e acho que, especialmente na corrida, podemos fazer um ótimo trabalho".

Uma das vantagens em relação aos rivais, segundo Max Verstappen, é largar com pneus mais macios. "É um benefício aqui porque é bastante escorregadio na pista e durante a corrida eu acho que somos de qualquer maneira competitivos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.