Testes em Jerez mostram super-Renault

A equipe Renault voltou a impressionar, nesta quinta-feira, nos testes de Jerez de la Frontera, na Espanha. O espanhol Fernando Alonso, com o novo modelo R25 em simulação de classificação, estabeleceu o melhor tempo do treino, 1min15s732 (97 voltas), expressivo se levado em conta as restrições aerodinâmicas e os pneus superduros impostos este ano. O R25 da Renault tem se mostrado o mais rápido da pré-temporada, ainda que a equipe tenha de trabalhar bastante na sua resistência.Nada menos de 16 pilotos testaram nesta quinta no circuito da Andaluzia, onde as temperaturas são amenas se comparadas com o restante da Europa. Juan Pablo Montoya, que não pára de elogiar a nova McLaren MP4/20, não tinha a preocupação de simular uma classificação, como Alonso, e ficou com o segundo tempo, 1min16s442 (50). Kimi Raikkonen não testou porque a McLaren encontrou uma falha na suspensão do seu carro.Sobre a McLaren, Rubens Barrichello disse à imprensa italiana estar impressionado. "Eles estão em grande forma", reconheceu. "Quatro corridas bem difíceis nos esperam", falou, referindo-se às quatro primeiras etapas do campeonato em que a Ferrari utilizará o modelo F2004M, ou seja, o carro do ano passado adaptado ao regulamento deste.Nunca é demais lembrar, contudo, a capacidade de reação da Ferrari.Rubinho também trabalhou nesta quinta. Completou 77 voltas em Jerez, com a F2004M, sendo a melhor em 1min18s257, o 12.º do dia. Michael Schumacher usou a F2004, o carro de 2004 equipado com componentes do F2005, previsto para estrear no GP da Espanha, dia 8 de maio. O alemão registrou 1min18s111 (110), 10.º.Como prova da ascensão da Renault, ao menos em termos de velocidade, Giancarlo Fisichella fez 1min16s647 (70), 3.º. Uma equipe com certeza disputará uma temporada melhor que a do ano passado: a Toyota. Nesta quinta Jarno Trulli com a TF105, concebida por Mike Gascoyne, obteve 1min16s748 (96), 4.º. A Toyota deve saltar das últimas posições para a das equipes que marcam pontos regularmente. Felipe Massa também confirmou a evolução da Sauber, com 1min17s268 (103), 5.º.Já seu companheiro, Jacques Villeneuve, está levando uma surra desses novos carros da Fórmula 1, como já ocorreu ano passado, nas três provas finais que disputou pela Renault. O canadense ficou em 15.º, com 1min19s022 (120). A Williams não demonstrou, até agora, ter dado um grande passo adiante com o FW27, como fizeram McLaren e Renault. Ontem Mark Webber marcou 1min18s038 (93), 9.º, e Nick Heidfeld, 1min18s719 (56) 14.º.A partir de terça-feira boa parte da Fórmula 1 estará em Barcelona, no Circuito da Catalunha, onde os eficientes mostram a cara e os projetos com problemas costumam se afundar. O resultado final do ensaio dará mais elementos para se projetar o que poderá acontecer nas quatro primeiras etapas do Mundial programado para começar dia 6 de março na Austrália.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2005 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.