Timo Glock liberado para correr na Malásia

Alemão garante estar recuperado do acidente em Melbourne e foi liberado pela Toyota para o GP

Agência Estado

19 de março de 2008 | 14h48

O alemão Timo Glock, protagonista do acidente mais forte do GP da Austrália de Fórmula 1, está confirmado para a etapa da Malásia, no domingo. O piloto machucou a mão no impacto, no circuito de Albert Park, mas foi liberado pela Toyota, sua equipe, para disputar a segunda corrida da temporada"Estou bem. Minha mão ficou um pouco machucada, depois de um impacto forte no volante quando o carro bateu no chão. Mas o problema não é sério e tenho certeza de que não vai me atrapalhar", afirmou Glock, que foi campeão da GP2 em 2007O alemão deixou a pista do Albert Park, em Melbourne, com uma proteção no pulso esquerdo e sua participação chegou a ser questionada. Caso ele não possa correr, será substituído pelo japonês Kamui Kobayashi, piloto de testes da equipe

Tudo o que sabemos sobre:
Timo GlockFórmula 1Toyota

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.