Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

'Tivemos a melhor corrida que poderíamos ter', diz Hamilton após vitória

Pentacampeão na Fórmula 1, inglês comemorou o título com triunfo em São Paulo

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2018 | 22h13

No GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo, o superaquecimento dos pneus voltou a incomodar os carros da Mercedes. O problema não impediu a vitória de Lewis Hamilton, que teve boa ajuda por causa do acidente entre Max Verstappen e Esteban Ocon.

"Foi a melhor vitória que poderíamos ter. Tínhamos problemas, mas mesmo assim, graças ao trabalho da equipe desde o GP do México, conseguimos um bom desempenho, a vitória e o título do Mundial de Construtores", disse o piloto cinco vezes campeão mundial de F-1.

Hamilton elogiou o trabalho da sua equipe. "Os caras trabalharam duro. Essa vitória é para eles", disse o piloto britânico, que não tinha conhecimento do problema pelo qual havia passado Verstappen. "Eu não sabia do acidente, não sabia se ele tinha cometido um erro."

Ao mesmo tempo, Hamilton elogiou o adversário da Red Bull, que terminou em segundo lugar. "Eu sabia que ele (Verstappen) iria se recuperar e tentar a recuperação. Ele ataca sempre e não desiste, mas consegui manter a liderança."

Além da conquista do GP do Brasil, Hamilton ganhou uma réplica do troféu que Juan Manuel Fangio recebeu em 1957, das mãos do sobrinho da lenda do automobilismo. "Juan Manuel Fangio esperava que Ayrton Senna ganhasse cinco títulos como ele. Como o ídolo de Hamilton é Senna, acho que eles têm muito em comum", disse Juan Manuel Fangio II.

Visivelmente emocionado, Hamilton recebeu a lembrança e doou uma réplica do capacete com o qual ganhou o tetracampeonato mundial no ano passado. Em seguida, foi exibido um vídeo em preto e branco em que os dois campeões dirigiam lado a lado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.