Tony Kanaan fica com a pole na Cart

O automobilismo brasileiro pode ter mais um piloto campeão mundial neste domingo: Cristiano da Matta. O mineiro de 29 anos, que em 2003 vai realizar o sonho de correr na Fórmula 1 - sua contratação pela Toyota será anunciada oficialmente no dia 9 -, disputa amanhã a 16ª etapa da temporada Cart, o GP das Américas, com chances reais de conquistar o título da categoria com três provas de antecipação. Ele conseguiu o 6º lugar no grid de largada, enquanto que outro piloto do País, Tony Kanaan, sai na pole position.No treino deste sábado, Tony Kanaan confirmou a primeira posição que tinha obtido na sessão de sexta-feira. Ao seu lado, em segundo lugar no grid, larga o neozelandês Scott Dixon, que foi o mais rápido do dia. Entre os outros brasileiros da categoria, Christian Fittipaldi está na 8ª colocação e Bruno Junqueira, na 10ª.Cristiano da Matta será campeão se ganhar em Miami 10 pontos a mais que Bruno Junqueira e três a mais que o escocês Dario Franchitti, que conseguiu a 7ª posição no grid. Afinal, o piloto da Newman-Haas chegou a Miami com 191 pontos, contra 133 de Bruno (Chip Ganassi) e 126 de Franchitti (Green). Mesmo que não assegure o título nas ruas da cidade da Flórida, ele tem tudo para, ao fim da temporada, tornar-se o terceiro brasileiro campeão da Cart, repetindo o feito de Emerson Fittipaldi em 1989 e de Gil de Ferran, bicampeão da categoria em 2000 e 2001 e que atualmente está na Indy Racing League.Cristiano, porém, se mantém tranqüilo e evita cair na ansiedade de definir logo o campeonato. "Claro que gostaria de sair da corrida com o título. Mas continuo com a mesma disposição das últimas corridas: a de marcar o maior número de pontos possível. Dessa maneira, o campeonato virá em algum momento.??A exemplo dos outros brasileiros da Cart, Cristiano mora em Miami. Sua residência, inclusive, fica a uma quadra do circuito. A corrida acontece em uma pista de rua de 1.379 milha (2,218 quilômetros). "É uma pista curta, com retas curtas. Exige muita concentração??, disse o piloto.Bruno Junqueira tem consciência de que não lhe resta outra alternativa a não ser conseguir um lugar no pódio - um terceiro lugar, por exemplo, impedirá que a disputa seja definida neste domingo, mesmo que Cristiano vença a corrida. "Temos um bom acerto para pistas de rua, já venci uma prova neste tipo de circuito este ano (em Denver) e estou confiante em um bom resultado. Até porque não tenho muitas alternativas??, afirmou o piloto da Chip Ganassi.Esta é a mesma disposição de Dario Franchitti, embora o escocês já tenha revelado não acreditar que possa vir a ser campeão. Ele quer apenas protelar o máximo possível a definição da competição. "Costumo me sair bem em pistas de rua e acredito que isso poderá se repetir aqui em Miami??, revelou.Após o GP das Américas, faltarão três corridas para o encerramento do campeonato: o GP do México, dia 17; o da Austrália, em Surfer´s Paradise, dia 27, e as 500 Milhas de Fontana, em 3 de novembro.A corrida deste domingo tem largada prevista para as 14 horas (horário de Brasília) e a DirecTV transmite ao vivo, por meio do canal 363. A TV Record anuncia a exibição dos melhores momentos da prova às 16 horas.Confira o grid de largada da prova:1º Tony Kanaan (Brasil) - 61s2642º Scott Dixon (Nova Zelândia) - 69s7863º Tora Takagi (Japão) - 62s0394º Kenny Brack (Suécia) - 62s1655º Alex Tagliani (Canadá) - 62s3046º Cristiano da Matta (Brasil) - 62s3487º Dario Franchitti (Escócia) - 62s3698º Christian Fittipaldi (Brasil) - 62s5239º Adrian Fernandez (México) - 62s54310º Bruno Junqueira (Brasil) - 62s60711º Shinji Nakano (Japão) - 62s75012º Jimmy Vasser (Estados Unidos) - 62s86013º Oriol Servia (Espanha) - 62s89114º Michael Andretti (Estados Unidos) - 63s05215º Michel Jourdain Jr. (México) - 63s05516º Paul Tracy (Canadá) - 63s13417º Patrick Carpentier (Canadá) - 64s13518º Mario Dominguez (México) - 64s326

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.