Toyota é acusada de ter espionado Ferrari

Mesmo encerrada com o sexto título mundial do alemão Michael Schumacher, a temporada 2003 de Fórmula 1 ainda promete fortes emoções. A Toyota está sob a acusação de ter espionado a Ferrari e copiado várias informações secretas da equipe italiana graças a um ex-mecânico, conhecido apenas como ?Roberto?.Segundo publicação do jornal alemão Berliner Zeitung deste sábado, agentes da polícia acataram ordens da Promotoria Pública de Módena, na Itália, e confiscaram documentos encontrados nas oficinas da escuderia japonesa, em Colônia, na Alemanha.A operação foi realizada depois que a Ferrari denunciou o caso às autoridades. ?Roberto? teria entregue à Toyota grande quantidade de material sigiloso e por isso foi demitido da equipe campeã. Os policiais lacraram as entradas das oficinas e apreenderam computadores, planos, CD-Roms e disquetes para investigação. Um funcionário da empresa japonesa foi detido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.