Toyota reconhece que precisa melhorar em 2008

A Toyota apresentou seu carro para atemporada 2008 da Fórmula 1 nesta quinta-feira e reconheceu queprecisa ter uma temporada muito melhor este ano para apagar areputação de gastadora sem sucesso na categoria. A equipe terminou em sexto lugar na temporada passada --graças à exclusão da McLaren do Mundial de Construtores pelocaso de espionagem -- mas não chega ao pódio desde o GrandePrêmio da Austrália em abril de 2006. A equipe fez apenas 13 pontos em 2007, menos da metade doque fez a Williams, que também usa motores da fabricantejaponesa. "Temos que ir melhor do que em 2007", disse ao público opresidente de automobilismo da Toyota, John Howett, durante acerimônia de apresentação do TF108, na cidade alemã de Colônia,sede da fábrica da equipe. "Temos que trabalhar mais, mais rápido e com maisinteligência do que os nossos competidores." O chefe da equipe, Tadashi Yamashina, que disse terrecebido um prazo de dois anos para levar a equipe a vitórias,imitou seu antecessor Tsutomu Tomita e pediu desculpas pelofracasso da equipe no ano passado. Mas ele deixou claro que a Toyota, que nunca venceu umaprova de F1, está impaciente pelo sucesso. "Nosso objetivo claro em 2008 é fazer grandes avanços emnossos resultados, porque não ficamos satisfeitos com nossosdesempenhos no ano passado", disse ele. "Nossos pilotos devem ter como objetivo terminarregularmente na zona de pontuação, e lutar pelo pódio." A Toyota tem uma linha de pilotos diferentes para este ano,com a saída do alemão Ralf Schumacher para a entrada de seucompatriota Timo Glock. O italiano Jarno Trulli permaneceu. "Tenho certeza que podemos conseguir grandes coisas", disseTrulli. "Em 2005, tivemos um grande resultado e tenho certezaque temos potencial para voltar." "Terminar no pódio é sempre possível e realista", disse oitaliano.

ALAN BALDWIN, REUTERS

10 de janeiro de 2008 | 16h28

Tudo o que sabemos sobre:
FITOYOTAMELHORAR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.