Tribunal da FIA mantém punição a Lewis Hamilton

Decisão não altera a classificação da atual temporada, com piloto da McLaren um ponto à frente de Massa

AE, Agencia Estado

23 de setembro de 2008 | 11h36

 Frank Augstein/AP Massa comemora o segundo posto no GP da Bélgica, que viria a ser uma vitória com punição a LewisPARIS - A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta terça-feira que o resultado do GP da Bélgica de Fórmula 1, a 13.ª etapa do campeonato, está mantido, com a vitória de Felipe Massa, o segundo lugar de Nick Heidfeld e a terceira colocação de Lewis Hamilton.Veja também: Fórmula 1 2008 - ClassificaçãoApós um dia inteiro de julgamento, na segunda-feira, a Corte Internacional de Apelação da entidade máxima do automobilismo decidiu não modificar o resultado da prova, frustrando as expectativas e o otimismo da McLaren.A equipe inglesa tentava reaver a vitória de Hamilton, que cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi punido pelos comissários de prova com acréscimo de 25 segundos em seu tempo de prova, sob alegação de que teria obtido vantagem ao cortar uma chicane durante disputa com Kimi Raikkonen, a três voltas da bandeirada. Com o acréscimo em seu tempo final de prova, Hamilton caiu da primeira para a terceira colocação - a vitória ficou com Massa, da Ferrari, seguido pelo alemão Heidfeld, da BMW.O resultado mantém Hamilton na liderança do Mundial, com 78 pontos, contra 77 de Felipe Massa, o vice-líder. Restam quatro etapas para o fim do campeonato, que terá sua 15ª etapa no domingo, em Cingapura, que receberá a primeira corrida noturna da história da Fórmula 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.