Caren Firouz/ Reuters
Caren Firouz/ Reuters

Tricampeão, Jackie Stewart diz que Verstappen 'rejuvenesce' a F-1

Escocês mostra otimismo com as atuações do piloto da Red Bull

O Estado de S.Paulo

11 Dezembro 2018 | 17h25

As atuações do holandês Max Verstappen, pela Red Bull, na temporada 2018 empolgaram o escocês Jackie Stewart, tricampeão mundial da Fórmula 1. "Precisamos de jovens pilotos, precisamos de sangue novo", afirmou ao site oficial da Fórmula 1 o "escocês voador", que conquistou títulos em 1969, 1971 e 1973.

"É rejuvenescedor para a Fórmula 1 um Verstappen, tão jovem, chegar e obter grandes resultados rapidamente", disse a lenda do automobilismo. "Mas hoje é muito difícil para um jovem piloto aparecer e encontrar os recursos."

Stewart disse que Verstappen chama a atenção desde que foi trazido para a principal categoria do automobilismo pela equipe austríaca há quatro temporadas, vindo da Fórmula 3 europeia. "Verstappen é o maior exemplo de talento puro na F-1."

Em 2018, Verstappen terminou na quarta colocação na classificação geral, com 249 pontos, apenas três atrás do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. Ele somou duas vitórias e 11 pódios. Com destaque para a vitória no GP do México, além da ótima prova em Interlagos, quando o primeiro lugar só não veio por causa de um acidente com o rival francês Esteban Ocon.

O grid da Fórmula 1 em 2019 contará com três estreantes - ou quatro, se contarmos com Antonio Giovinazzi, que disputou duas corridas pela Sauber em 2017 - que se beneficiaram de um programa de desenvolvimento de pilotos em algum momento de suas carreiras.

Alexander Albon estava no Red Bull Junior Team por uma temporada em 2012, enquanto George Russell, Lando Norris e Giovinazzi faziam parte dos programas de jovens pilotos da Mercedes, McLaren e Ferrari, respectivamente, antes de garantirem seus carros de F-1 em tempo integral.

Enquanto isso, a Ferrari e a Red Bull colocarão Charles Leclerc e Pierre Gasly na próxima temporada, promovendo ambos os pilotos depois de suas primeiras temporadas na F-1.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.