Trulli e Sutil são multados pela batida em Interlagos

Pilotos terão de pagar US$ 10 mil cada por discutirem após batida na primeira volta do GP do Brasil

MILTON PAZZI JR., Agencia Estado

18 de outubro de 2009 | 18h53

SÃO PAULO - O italiano Jarno Trulli, da Toyota, e o alemão Adrian Sutil, da Force India, terão de pagar uma multa de US$ 10 mil cada um pela batida que tiveram ainda na primeira volta do GP do Brasil de Fórmula 1, neste domingo, em Interlagos. Além disso, os dois pilotos receberam uma reprimenda pública por terem discutido após o acidente.

Veja também:

link Jenson Button supera Rubinho e conquista título da Fórmula 1

mais imagens A vitória de Webber e o título de Button em Interlagos

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - A carreira do campeão Jenson Button

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

A confusão aconteceu quando Trulli tentou passar Sutil por fora na subida do Laranjinha e os dois carros se tocaram, cada um saindo para um lado. A Toyota do italiano ainda voltou para a pista, atingindo a Renault do espanhol Fernando Alonso - diante disso, os três pilotos abandonaram a prova.

Depois do acidente, Trulli deixou o carro e partiu para cima de Sutil, reclamando bastante da manobra do alemão. A discussão dentro da pista foi forte, assim como as declarações de ambos já nos boxes de Interlagos, com acusações mútuas.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do BrasilTrulliSutil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.