Mark Humphrey/AP
Mark Humphrey/AP

Tudo certo para Castroneves nas 500 Milhas de Indianápolis

Há dois meses o brasileiro Helio Castroneves estava mais preocupado em perder a batalha legal que travava nos Estados Unidos do que vencer pela terceira vez as 500 Milhas de Indianápolis.

STEVE KEATING, REUTERS

23 de maio de 2009 | 17h17

Veja também:

link Pole Castroneves busca redenção nas 500 milhas de Indianápolis

Livre das acusações de evasão de divisas que poderiam colocá-lo na prisão, Castroneves está de volta ao circuito de Indianápolis e vai largar na pole positision para corrida de domingo numa tentativa de conquistar sua terceira vitória na tradicional prova.

Olhando seus problemas legais agora pelo retrovisor, Helinho mandou um recado para os outros pilotos não só conquistando a pole como também marcando o tempo mais rápido em uma classificação.

Tudo agora parece caminhar muito bem para o brasileiro. Ele também foi inocentado da última acusação --a de conspiração contra os Estados Unidos.

"Este mês está se ajustando", disse Castroneves. "Eu só quero agradecer ao time por sempre acreditar, por sempre me apoiar", declarou o piloto da Penske.

"Tem sido uma montanha-russa de emoção, muito difícil, com cansaço mental, mas é ótimo estar de volta em um carro de corrida", afirmou o brasileiro à Reuters.

"Tenho de agradecer Roger Penske por fazer isso acontecer, porque sem isso minha carreira estaria acabada."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.