Divulgação/Alfa Romeo
Divulgação/Alfa Romeo

Última a apresentar carro para 2020, Alfa Romeo revela modelo C39 em Barcelona

Modelos da escuderia italiana serão guiados por Kimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi

Redação, Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2020 | 08h50

A Alfa Romeo apresentou nesta quarta-feira no circuito de Montmeló, em Barcelona, pouco antes do início dos testes de pré-temporada, o modelo C39 para 2020. A escuderia italiana, que será guiada pelo finlandês Kimi Raikkonen e pelo italiano Antonio Giovinazzi, foi a última das dez equipes a revelar o seu protótipo para a disputa deste ano. Além dos titulares, a Alfa Romeo terá o experiente polonês Robert Kubica como reserva imediato, enquanto que a colombiana Tatiana Calderón foi confirmada como pilota de testes.,

Os dois pilotos da escuderia querem fazer melhor do que em 2019. Kimi Raikkonen conseguiu 43 pontos e terminou em 12.º lugar na classificação geral da temporada passada, enquanto que Antonio Giovinazzi somou 14 pontos e ficou com a 17ª posição no seu primeiro ano na Fórmula 1. No Mundial de Construtores, a Alfa Romeo obteve a oitava colocação, à frente da Haas.

O novo carro da equipe italiana tem mais detalhes em vermelho, que divide espaço com o branco. O modelo traz estampados os dois novos patrocinadores da escuderia baseada em Hinwil, na Suíça: a petrolífera polonesa Orlen - responsável também pela presença do reserva Robert Kubica na equipe - e da sueca Huski Chocolate.

Piloto mais longevo do grid na atualidade, Kimi Raikkonen está muito perto de quebrar o recorde de mais GPs disputados na história da Fórmula 1. Com 313 largadas, o finlandês, que tem o apelido de "Homem de Gelo", está a apenas 11 de superar o brasileiro Rubens Barrichello.

A equipe fecha o período de lançamentos oficiais, iniciado no último dia 11, com a Ferrari. A Haas, que apesar ter antecipado a apresentação do VF-20, já tinha divulgado a pintura e levou o carro à pista na última segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.