Mauro Pimentel/AP
Mauro Pimentel/AP

Um ano após acidente, Zanardi segue internado e trava luta para voltar a falar

Ex-piloto sofreu várias operações e segue tratamento com equipe médica para superar sequelas da lesão

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de julho de 2021 | 17h49

Daniela Zanardi, esposa do ex-piloto de Fórmula 1, Alessandro Zanardi, quebrou o sigilo em entrevista à BMW e falou sobre o estado do marido que, há pouco mais de um ano, sofreu um grave acidente quando andava em uma bicicleta de mão nos arredores de Siena, na Itália. Após o período em que esteve em coma, o ex-piloto vem sendo assistido por uma equipe médica a fim de superar algumas sequelas. “O Alex está no momento em uma clínica para fazer um programa de reabilitação liderado por médicos, fisioterapeutas, neurologistas e fonoaudiólogos”, afirmou a esposa.

 Ainda de acordo com informações do jornal Gazzeta dello Sport, o campeão paralímpico e ex-piloto vem seguindo um processo de evolução gradual. “Ele pode se comunicar conosco, mas não consegue falar. Após o longo coma, as cordas vocais precisam readquirir a elasticidade e ele vem fazendo terapias para isso”, disse Daniela.

 O acidente de Zanardi aconteceu quando ele participava de uma espécie de maratona festiva que reúne atletas paralímpicos em bicicletas de mão e triciclos. Ele teria perdido o controle da sua handbike na descida e batido  em um caminhão.

Daniela agradeceu o carinho e o apoio dos fãs nesse período de tratamento. “Temos recebido muitas mensagens de carinho e apoio e aproveito para agradecer em nome do Alex. A proximidade  de amigos, fãs e todos os envolvidos no automobilismo foi realmente comovente”, comentou.

Já em relação a sair do hospital, ela não quis fazer nenhum tipo de previsão. “É uma longa jornada e um grande desafio. O caminho que ele seguiu após o acidente não foi fácil. Ele se submeteu a muitas operações de neurocirurgia e houve vários contratempos. Agora, ele pode seguir programas de treinamento físico e mental”, comentou a esposa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.