AFP
AFP

Vencedor do GP de Mônaco de 1972 morre aos 77 anos

Jean-Pierre Beltoise morre após sofrer dois acidentes vasculares cerebrais durante férias em Dacar, no Senegal

Estadão Conteúdo

05 de janeiro de 2015 | 15h40

O ex-piloto de Fórmula 1 Jean-Pierre Beltoise morreu, aos 77 anos, após sofrer dois acidentes vasculares cerebrais (AVCs). De acordo com informações da Federação de Automobilismo da França, Beltoise estava de férias em Dacar, no Senegal, quando faleceu.

Antes de chegar à Fórmula 1, Beltoise competiu no motociclismo, tendo conquistado 11 títulos nacionais na França. Na sua passagem pela principal categoria do automobilismo mundial, Beltoise competiu pelas equipes Matra e BRM. E a sua única vitória se deu exatamente na mais prestigiosa corrida do calendário, o GP de Mônaco de 1972.

Ele fez a sua estreia na categoria em 1967, disputou 85 provas, subiu oito vezes ao pódio e seu melhor resultado foi no campeonato de 1969, que terminou na quinta colocação pela equipe Matra, que teve o campeão daquele ano - Jackie Stewart.

Beltoise deixou a Fórmula 1 em 1974, mas continuou a sua carreira em campeonatos de automobilismo regionais e também em provas de rali. Além disso, dois dos seus filhos se tornaram pilotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.