Divulgação -9/03/2013
Divulgação -9/03/2013

Vencer em Spa seria especial, diz o pressionado Massa

PIloto brasileiro da Ferrari precisa marcar pontos na F-1

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2013 | 10h49

SÃO PAULO - Com resultados ruins nas últimas provas da Fórmula 1 e pressionado pelos rumores de que pode deixar a Ferrari, Felipe Massa inicia neste fim de semana a segunda metade da temporada 2013 da Fórmula 1 com uma das suas corridas preferidas. O brasileiro vai participar do GP da Bélgica, no circuito de Spa-Francorchamps, onde venceu uma prova em 2008. Por isso, ele declarou que voltar a vencer a corrida seria especial.

"Todo mundo quer ganhar aqui", afirmou o brasileiro. "Eu amo o circuito e espero que haja mais vitórias em Spa na minha carreira. Isso significa muito por causa de sua história", completou Massa, que está apenas em sétimo lugar no Mundial de Pilotos após a disputa de dez corridas.

Leia Também

+ Velocidade

Assim, ele sonha com um novo triunfo em um circuito que considera histórico e divertido de pilotar. "Spa é fantástico, uma espécie de sonho para todos os pilotos correrem lá, especialmente em um carro de Fórmula 1", disse. "Há tanta história lá e é um desafio maravilhoso com todas as subidas, descidas e mudanças de direção, que se somam para tornar a pilotagem um verdadeiro prazer."

Ao contrário da maioria dos pilotos, Massa disse que o seu ponto preferido do circuito não é a Eau Rouge. "Em um moderno carro de F1, com toda a tecnologia e a pressão aerodinâmica, embora a Eau Rouge pareça uma curva, você realmente a pilota como se fosse uma reta, com o pé embaixo em todas as voltas", explicou o brasileiro. "Então, na verdade, a parte que eu acho que é a mais divertida está entre o final do segundo setor e o início do último, onde há muitas curvas rápidas e mudanças de direção", disse.

Massa também apontou qual trecho considera o mais difícil de pilotar no circuito de Spa-Francorchamps. "O trecho mais exigente vem depois da subida da Eau Rouge, quando você tem uma longa reta seguida por todas aquelas chicanes em descida, porque o menor erro ali custa muito tempo na volta".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.