Vergne revela que não correrá pela Toro Rosso em 2015

Misterioso sobre o seu futuro no automobilismo, francês anuncia saída e afirma que não correrá pela equipe na próxima temporada

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2014 | 15h01

Jean-Eric Vergne confirmou nesta quarta-feira que não correrá pela Toro Rosso na temporada de 2015 da Fórmula 1. O piloto francês, que estava na equipe italiana como titular desde 2012, fez o anúncio da sua saída por meio de sua página no Twitter, antecipando o anúncio do próprio time baseado em Faenza.

"Apesar de uma boa temporada e 22 pontos, eu não guiarei mais pela Toro Rosso em 2015. Agradeço por estes anos. Vamos para outro grande desafio", escreveu Vergne, de 24 anos de idade, em sua rede social.

Vergne acabou deixando a Toro Rosso em meio a um cenário que chegou a se desenhar como favorável para a sua permanência. Na metade deste ano, a equipe chegou a anunciar que o francês seria substituído pelo Max Verstappen, mas a promoção do russo Daniil Kvyat para a Red Bull, equipe mãe da Toro Rosso, havia recolocado o piloto na briga por uma vaga de titular do time para 2015.

Entretanto, o francês acabou confirmando a sua saída e ainda não revelou qual será o próximo passo de sua carreira no automobilismo. Com a vaga aberta pelo francês, o espanhol Carlos Sainz Jr, campeão da Fórmula Renault 3.5 e piloto júnior na Red Bull, aparece como principal favorito a ocupar o posto de titular da Toro Rosso. Ele foi para a pista na última terça-feira pela Red Bull no primeiro dos dois dias do teste final desta temporada da F1.

Vergne terminou o Mundial deste ano na 13ª posição, dois postos à frente de Kvyat, que em 2015 será companheiro de equipe do australiano Daniel Ricciardo na Red Bull. O russo ocupará a vaga aberta pelo alemão Sebastian Vettel, que irá para a Ferrari.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Toro RossoJean-Eric Vergne

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.