Claude Paris/AFP
Claude Paris/AFP

Verstappen bate e vê Ricciardo roubar melhor volta por 0s001 no 3º treino livre

Domínio da Red Bull no fim de semana vê Ferrari e Mercedes brigando pelo terceiro lugar, que ficou com Vettel

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2018 | 09h06

O australiano Daniel Ricciardo bateu pela segunda vez o recorde da pista e foi o mais rápido na terceira sessão dos treinos livres do GP de Mônaco neste sábado. O piloto da Red Bull registrou sua melhor volta em 1min11s786 e foi apenas 0s001 mais rápido que seu companheiro de equipe, o holandês Max Verstappen.

+ Monegasco, Leclerc diz que realizará 'sonho de criança' ao disputar GP de Monaco

+ Ricciardo minimiza recorde em Monaco e teme evolução da Ferrari e da Mercedes

+ Confira mais notícias de esportes a motor

Verstappen ainda bateu no final do treino no guard-rail e destruiu a lateral direita do seu carro. Com a Red Bull como favorita no circuito de rua em Montecarlo, a Ferrari e a Mercedes devem brigar pelo outro lugar no pódio.

A escuderia italiana, no último teste antes do classificatório, que está marcado para às 10h (horário de Brasília) deste sábado, garantiu o terceiro e quarto lugares, com o alemão Sebastian Vettel e o finlandês Kimi Raikkonen.

O inglês Lewis Hamilton e seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, tiveram que se contentar com a quinta e a sexta colocações. O neozelandês Brendon Hartley foi o destaque da terceira sessão colocando a Toro Rosso em sétimo lugar.

A oitava colocação ficou com o francês Pierre Gasly, também da Toro Rosso. O espanhol Carlos Sainz, da Renault, terminou em nono e o russo Sergey Sirotkin, da Williams, fechou a lista dos dez mais rápidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.