UMIT BEKTAS / AFP / POOL
UMIT BEKTAS / AFP / POOL

Verstappen comemora 2º lugar no GP da Turquia: 'Mercedes estava mais rápida'

Holandês da Red Bull reconhece superioridade adversária Istambul e celebra retomada da liderança na Fórmula 1

Redação, Estadão Conteúdo

10 de outubro de 2021 | 14h39

Max Verstappen terminou o GP da Turquia de Fórmula 1, neste domingo, com uma sensação de alívio. O piloto holandês comemorou bastante o segundo lugar em Istambul por considerar que a Mercedes estava mais rápida que a Red Bull ao longo de todo o fim de semana.

"Acho que conseguimos maximizar o resultado. Valtteri, claro, estava um pouco mais rápido que nós. Acho que ficamos atrás da Mercedes em termos de ritmo durante todo o fim de semana. E a corrida deste domingo foi muito sobre gerenciar bem o desgaste dos pneus até o fim", comentou Verstappen.

O holandês terminou a prova apenas atrás do finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes. E ainda contou com uma punição a Lewis Hamilton para retomar a liderança do campeonato e ainda abrir seis pontos de vantagem. Seu rival inglês foi o mais rápido do treino classificatório, no sábado, mas largou somente do 11º lugar do grid por ter trocado componentes do motor, sofrendo punição. Hamilton foi o quinto colocado.

"Hoje não foi nada fácil. Mas, simplesmente, estou feliz por ter chegado em segundo lugar", comentou Verstappen. "Só queria ter mais ritmo no carro para ter um fim de corrida mais tranquilo. Mas estamos na briga, vamos seguir lutando. E vamos ver se as próximas corridas serão tão competitivas quanto essa."

Apesar da diferença de potência entre Red Bull e Mercedes neste domingo, foi a primeira que botou dois pilotos no pódio. O mexicano Sergio Pérez ficou em terceiro e brilhou ao conter Hamilton durante boa parte da prova e até protagonizar boa disputa com o heptacampeão mundial.

"Como time, terminar em segundo e terceiro lugar foi um resultado muito bom", celebrou Verstappen. "Acho que a temporada está muito equilibrada. Em Austin, será uma boa batalha com a Mercedes. Precisamos continuar nos esforçando", comentou o holandês, referindo-se à próxima etapa, daqui a duas semanas, nos Estados Unidos.

Com a "dobradinha" da Red Bull no pódio turco, o time austríaco reduziu a desvantagem para a Mercedes na classificação do Mundial de Construtores. O time de Hamilton e Bottas segue liderando, agora com 433,5 pontos, contra 397,5 da Red Bull. A disputa por este título é importante por envolver as maiores premiações da Fórmula 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.