AP Photo/Manu Fernandez
AP Photo/Manu Fernandez

Verstappen fica surpreso com ritmo da Ferrari, mas vê chances de vencer o GP da França de Fórmula 1

Piloto da RBR anota tempo de 1min31s176, larga atrás de Charles Leclerc por 0s304, mas está confiante para a corrida

Redação, Estadão Conteúdo

23 de julho de 2022 | 13h29

Surpreso sim. Mas confiante também. Esse foi o tom do discurso de Max Verstappen, líder do Mundial de Fórmula 1 com 208 pontos. O piloto holandês esteve com o melhor tempo por várias vezes durante o classificatório, mas no final viu a Ferrari fazer a festa diante de um circuito lotado de torcedores.

Apesar da surpresa, ele disse que a corrida está em aberto e aposta até no fator tempo para apostar numa reviravolta no Grande Prêmio da França. "No domingo vai estar mais quente. Mas acho que no geral o trabalho está muito bom. A Ferrari esteve muito bem e foi muito rápida, mas também temos um bom carro", afirmou o piloto que encerrou o treino oficial com o tempo de 1min31s176.

No treino livre realizado pela manhã, Verstappen reverteu o domínio da Ferrari que havia dominado as sessões de pista. "Não conseguimos repetir o desempenho do treino livre. Faltou para nós, aderência na classificação", afirmou. Na prova de domingo, ele espera quebrar a sequência de vitórias da Ferrari, que venceu as últimas duas corridas do calendário de Fórmula 1 na Inglaterra e na Áustria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.