Charles Coates/AFP
Charles Coates/AFP

Verstappen revela frustração por estratégia, mas celebra resultado no Canadá

Piloto da Red Bull se mostra decepcionado com a escolha dos pneus para a prova

Estadão Conteúdo

10 Junho 2018 | 20h30

Terceiro colocado no GP do Canadá de Fórmula 1 neste domingo, o holandês Max Verstappen revelou frustração com a escolha dos pneus para a prova, mas celebrou o resultado conquistado. O piloto da Red Bull largou em terceiro e manteve a posição até o final, ficando atrás do finlandês Valtteri Bottas, segundo colocado, e do alemão Sebastian Vettel, vencedor da corrida em Montreal.

+ Vettel vence de ponta a ponta no Canadá e ultrapassa Hamilton na liderança da F-1

+ Vettel comemora vitória histórica: 'Legal mostrar que a Ferrari ainda está viva'

+ Apesar da 5ª posição, Hamilton festeja: 'Poderia ter perdido muito mais pontos'

"Foi uma boa corrida. Nós tivemos que parar cedo porque os (pneus) hipermacios estavam muito gastos", revelou. "Mas nós tivemos um bom ritmo com os pneus supermacios e conseguimos seguir tirando a diferença. Especialmente nas últimas voltas eu acho que nós fomos realmente competitivos", avaliou.

Com o resultado, o holandês, que liderou os três treinos livres em Montreal, ocupa a sexta posição no Mundial de Pilotos com 50 pontos, atrás de Kimi Raikkonen, Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Lewis Hamilton e o líder Sebastian Vettel.

Max Verstappen disse que tentou se arriscar mais no final da corrida e afirmou estar satisfeito com o seu desempenho neste domingo, que lhe garantiu o seu primeiro pódio no circuito de Gilles Villeneuve. "Você sempre tenta fazer a melhor largada possível. Eu tentei, mas logo percebi que não deu certo, então é claro que estou satisfeito com o terceiro lugar", garantiu. "No final da corrida eu cheguei um pouco mais perto de Valtteri. Estávamos muito próximos um do outro na linha", disse.

Após sete das 21 provas previstas para a temporada de 2018 já realizadas, a Fórmula 1 retornar em duas semanas, para o GP da França, que será realizado no próximo dia 24, em Le Castellet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.