Valdrin Xhemaj/EFE
Valdrin Xhemaj/EFE

Verstappen surpreende Ferrari e Mercedes e é o mais rápido do dia na Rússia

Holandês surpreendeu e fez o melhor tempo no segundo treino livre do GP da Rússia

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2019 | 11h42

Disposto a conseguir a melhor colocação possível no grid de largada do GP da Rússia de Fórmula 1, já que perderá cinco posições por conta de atualizações do motor Honda de sua Red Bull, o holandês Max Verstappen surpreendeu nesta sexta-feira e com o melhor tempo do segundo treino livre para a 16.ª etapa da temporada de 2019 foi o mais rápido do dia no circuito de Sochi.

Depois do monegasco Charles Leclerc liderar o primeiro treino livre com a Ferrari, Verstappen respondeu no duelo dos jovens pilotos da categoria máxima do automobilismo com o tempo de 1min33s162 na melhor de suas 29 voltas na segunda sessão. Ficou à frente de Leclerc, que terminou a mais de três décimos de segundo do rival com 1min33s497.

Vencedora de todos os GPs na Rússia até agora, as Mercedes novamente decepcionaram. O carro mais rápido da atividade da tarde em Sochi foi o do finlandês Valtteri Bottas, terceiro colocado com 0s646 atrás de Verstappen (1min33s808). Mais uma vez ficou na frente do inglês Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe, que fechou o dia sem encaixar uma grande volta e foi quase 0s8 mais lento que o holandês (1min33s960).

Depois de vencer o GP de Cingapura no domingo passado e encerrar um jejum de 22 corridas sem triunfo na Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, teve uma sexta-feira apagada. Depois de ficar em terceiro no primeiro treino livre, o tetracampeão mundial terminou apenas em quinto na segunda sessão com 1min34s201.

O sexto colocado foi o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso. Sergio Pérez, mexicano da Racing Point, fechou o treino livre em sétimo lugar, à frente do alemão Nico Hulkenberg, da Renault. O canadense Lance Stroll foi o nono com a Racing Point, enquanto que o tailandês Alexander Albon completou o Top 10 com a Red Bull, mais de dois segundos atrás de Verstappen.

Os pilotos voltarão a acelerar em Sochi neste sábado com o terceiro treino livre às 6 horas (de Brasília). A sessão de classificação começará às 9 horas (de Brasília). A largada para o GP de Cingapura será às 8h10 do domingo.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.