Giuseppe CACACE / AFP
Giuseppe CACACE / AFP

Verstappen faz melhor tempo do dia no Bahrein, com os carros da Ferrari na cola

Depois de desempenho discreto na sessão da tarde, atual campeão 'voa' e reduz marca de Gasly, da AlphaTauri, para 1min31s936

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2022 | 14h29

Max Verstappen provou no segundo treino do dia para o GP do Bahrein que a Red Bull vem forte neste início de temporada da Fórmula 1. Após ser coadjuvante na sessão da tarde, o holandês "voou" nos trabalhos da noite, reduzindo a marca cravada por Pierre Gasly, da AlphaTauri em mais de dois segundos. A Ferrari repetiu a boa apresentação com Charles Leclerc e Carlos Sainz "colados" no atual campeão.

A decepção do dia ficou para a Mercedes do heptacampeão Lewis Hamilton, sétimo pela manhã e apenas o nono no segundo treino no Circuito de Sakhir. O inglês reclamou de problemas no freio. Seu companheiro, Geroge Russell, ficou em quarto nas duas sessões do dia.

Verstappen deu 20 voltas no treino e cravou 1min31s936 com pneus macios, superando o monegasco Charles Leclerc por somente 0,087s. Carlos Sainz acabou envolvido em um incidente com Yuki Tsunoda, que atrapalhou sua volta rápida e acabou ficando com 0,584s atrás - o japonês está sob investigação e pode ser punido pela direção de prova.

Os cinco primeiros colocados da sessão ficaram separados por menos de um segundo de diferença. Além de Verstappen e das Ferraris, se destacaram George Russel, da Mercedes, com 1min32s529, e Fernando Alonso, da Alpine, com 1min32s877.

Melhor no primeiro treino, Pierre Gasly não repetiu o bom desempenho e acabou somente no 13° lugar. O destaque no Top 10 ficou por conta dos dois carros da Haas, com Mick Schumacher em oitavo e Kevin Magnussen, em 10°. Os americanos foram disparados a pior escuderia em 2021 e festejam o progresso neste início de competição.

Desde a temporada passada devendo uma ajuda a Verstappen na Red Bull, mais uma vez o mexicano Sérgio Pérez não conseguiu figurar entre os melhores, fazendo somente o sétimo tempo, atrás de Valtteri Bottas, agora na Alfa Romeo. O finlandês teve problemas com o motor no primeiro treino livre, ajustado para a segunda sessão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.