Nelson Antoine/AP
Nelson Antoine/AP

Verstappen volta a ser o mais rápido e lidera 1º dia de treinos no Canadá

Holandês foi ameaçado por Raikkonen, mas ficou com o melhor tempo

Estadao Conteudo

08 Junho 2018 | 17h02

O holandês Max Verstappen dominou o primeiro dia de treinos livres para o GP do Canadá de Fórmula 1. Depois de ser o mais rápido da primeira sessão desta sexta-feira, em Montreal, o piloto da Red Bull foi ainda mais veloz na parte da tarde e cravou o melhor tempo da atividade ao marcar 1min12s198.

+ Após ameaçar jornalistas, Verstappen lidera 1º treino livre no Canadá

+ Sebastian Vettel, da Ferrari, vê Red Bull perigosa no GP do Canadá neste domingo

Verstappen havia liderado o treino pela manhã, ao marcar 1min13s302. O holandês já havia sido destaque na quinta-feira, quando ameaçou dar cabeçadas em jornalistas ao ser questionado sobre os erros cometidos neste início de temporada. Na primeira oportunidade na pista, respondeu e mostrou todo seu talento.

A liderança de Verstappen ficou próxima de ruir diante da boa performance de Kimi Raikkonen, mas o finlandês da Ferrari teve que se contentar com a segunda posição do dia. Ele cravou a marca de 1min12s328 no período da tarde como melhor tempo.

Atrás dele, outra Red Bull, a de Daniel Ricciardo, que marcou 1min12s603. O australiano superou os problemas no motor, que o deixaram nos boxes durante boa parte da atividade, e mostrou estar mesmo embalado, após vencer a última prova, realizada em Mônaco.

Só então apareceram os líderes do campeonato, e principais candidatos ao título da temporada. Líder do Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton levou sua Mercedes ao quarto melhor tempo do dia, com 1min12s777, seguido de perto por Sebastian Vettel. Vice-líder na tabela, o alemão da Ferrari ficou em quinto nesta sexta, após marcar 1min12s985.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, foi o sexto mais veloz do dia ao marcar 1min13s061. Os franceses Romain Grosjean (1min13s620) e Esteban Ocon (1min13s747), o mexicano Sergio Pérez (1min13s754) e o espanhol Fernando Alonso (1min13s866), respectivamente, completaram os 10 primeiros colocados.

Apesar de se tratar apenas de mais uma sessão livre, o treino desta sexta à tarde foi movimentado. Carlos Sainz chegou a causar uma bandeira vermelha no início, após rodar e bater com a traseira no muro. Pouco depois, foi Stoffel Vandoorne que raspou no muro, sofreu danos no carro e precisou abandonar.

O GP do Canadá é a sétima etapa do calendário da Fórmula 1 e será disputado no domingo, às 15h10 (horário de Brasília). Antes, no sábado, os pilotos entram em ação para o treino classificatório , às 15 horas. Hamilton lidera o Mundial com 110 pontos, seguido por Vettel, com 96, Ricciardo, com 72, e Bottas, 68.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Max Verstappen Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.