Yoan Valat/EFE
Yoan Valat/EFE

Vettel admite erros em volta final, mas mantém confiança para corrida na França

Alemão da Ferrari vai largar em terceiro na prova, que será disputada neste domingo

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 17h10

Sebastian Vettel vai largar do terceiro posto no GP da França de Fórmula 1, neste domingo. Mas acredita que poderia sair mais à frente, caso tivesse cometido menos erros em sua volta final no treino classificatório, deste sábado, no Circuito de Paul Ricard.

+ Hamilton garante a pole no GP da França e comanda dobradinha da Mercedes

+ Mesmo após dobradinha, Hamilton diz que Mercedes 'poderia ter ido um pouco melhor'

"Depois da minha primeira tentativa no Q3, eu achei que estava bem perto da Mercedes e esperava melhorar. Mas, infelizmente, na minha última volta rápida eu forcei demais e cometi alguns erros aqui e ali", lamentou o piloto alemão da Ferrari.

Na avaliação de Vettel, o carro demonstrou bom rendimento na pista francesa. "O carro estava bom e provamos isso. Durante a sessão, o desempenho melhorava cada vez mais e eu estava confiante. Então, acho que podemos ficar felizes com o terceiro lugar. Minha última volta não foi espetacular, mas não foi boa o suficiente para me colocar na primeira fila."

Companheiro de Vettel na Ferrari, o finlandês Kimi Raikkonen também aprovou a performance do carro italiano em Paul Ricard. "A primeira volta foi bem decente, mas depois comecei a sair de lado na volta 11 e perdi tempo. Depois disso, não fui capaz de melhorar o meu tempo", disse Raikkonen.

Apesar da oscilação, Raikkonen registrou o sexto melhor tempo do Q3, a última sessão do treino classificatório. Vai largar, portanto, atrás dos carros da Mercedes e da Red Bull e também depois do companheiro de equipe. "Com certeza, amanhã será um dia desafiador", projetou o campeão mundial de 2007.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.