Vettel admite surpresa, mas se diz feliz com 3º lugar

Pole position do GP da Austrália, o alemão Sebastian Vettel começou a luta pelo quarto título mundial consecutivo com apenas um terceiro lugar, mas garantiu que não ficou decepcionado com o resultado da prova deste domingo. O piloto da Red Bull disse que conquistou o resultado possível e garantiu que não ficou preocupado com o rendimento do seu carro.

AE, Agência Estado

17 de março de 2013 | 11h53

"Podemos ficar felizes hoje. É óbvio que queríamos mais, quando você larga na pole você quer vencer. Mas não estou preocupado, nós temos de admitir que às vezes outras pessoas são mais rápidas. Nós tivemos o terceiro carro mais rápido na corrida hoje", disse.

Vettel revelou que sofreu com os pneus e, por isso, precisou antecipar o seu primeiro pit stop. Depois disso, o alemão não conseguiu mais retomar a liderança do GP da Austrália e viu o finlandês Kimi Raikkonen vencer a corrida, o que lhe causou surpresa.

"Depois de uma boa largada e das primeiras duas ou três voltas, os pneus começaram a se despedaçar. Não podíamos continuar como os outros. Sabia que Fernando nos passou após a parada e não sabia de onde o outro carro veio. Eu nunca o vi, então foi um pouco surpreendente", afirmou.

O alemão garantiu que não está em alerta após ser batido por Raikkonen e Alonso na Austrália. "Nós temos que ficar contentes hoje. Fizemos bons pontos. Foi bem divertido, complicado com os pneus, mas estou feliz por ter ido ao pódio", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.