William West/AFP
William West/AFP

Vettel aponta Mercedes 0s4 mais rápida, mas vê Ferrari na briga pelas vitórias

Alemão se diz confiante para sequência da temporada mesmo com desvantagen

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2018 | 14h06

O triunfo no GP da Austrália, que abriu a temporada 2018 da Fórmula 1, não alterou a percepção de Sebastian Vettel para a sequência do campeonato. Nesta quinta-feira, na véspera do início das atividades do GP do Bahrein, o alemão apontou que o carro da Ferrari é até 0s4 mais lento do que o da Mercedes, o mais rápido do grid.

+ Rússia pretende usar 'grid girls' em sua prova na Fórmula 1

+ Sauber contrata ex-Ferrari para ser chefe de aerodinâmica

"É óbvio que ainda não somos rápidos o suficiente e a Mercedes é mais rápida. Mas nós estamos trabalhando. Se você olhar para o ritmo, nos testes e na primeira corrida, fica claro que a Mercedes é a mais rápida, provavelmente com uma diferença de três ou quatro décimos", afirmou Vettel.

O alemão lembrou que o britânico Lewis Hamilton faturou a pole position na Austrália e vinha se mantendo na liderança sem muitas dificuldades, até que um erro de estratégia da Mercedes permitiu a Vettel saltar para a ponta e conquistar a vitória. "Lewis estava controlando seu ritmo no começo e forçava quando precisava. Ele tinha o tempo na mão", disse o alemão.

Apesar disso, Vettel também elogiou a Ferrari e exibiu otimismo para a sequência no campeonato, destacando que vê potencial suficiente na equipe para lhe permitir brigar por novas vitórias e também pelo título mundial.

"Precisamos ter ritmo para vencer. Estou confiante de que podemos. Eu acho que o carro tem potencial, mas precisamos progredir e alcançar rapidamente para lutar por vitórias do mesmo jeito que fizemos em muitas corridas no ano passado", acrescentou.

Vettel é ao lado de Alonso o maior ganhador do GP do Bahrein, com três triunfos cada, sendo que o último foi no ano passado, encerrando uma sequência de três vitórias da Mercedes na prova.

As atividades do GP do Bahrein se iniciam nesta sexta-feira com dois treinos livres, sendo que o primeiro deles está agendado para as 8 horas (de Brasília). A corrida vai ser disputada no domingo e a largada ocorrerá às 12h10, no circuito de Sakhir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.