Vettel aposta na imprevisibilidade para ser tricampeão

O alemão Sebastian Vettel chegou ao GP da Itália na segunda colocação no Mundial de Pilotos, mas um fim de semana ruim em Monza o relegou ao quarto lugar, 39 pontos atrás do líder Fernando Alonso. Em situação delicada, o piloto da Red Bull aposta na imprevisibilidade vista na temporada 2012 da Fórmula 1 para garantir que tem chances de conquistar o tricampeonato.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2012 | 13h28

"Eu acho que depois do fim de semana na Bélgica parecia muito melhor, depois da semana passada em Monza não parecia tão bom, então acho que as coisas podem mudar rapidamente", afirmou Vettel, que espera se recuperar no GP de Cingapura, marcado para este domingo e vencido por ele no ano passado.

O piloto alemão acredita que a possibilidade de chuva no domingo deixará a corrida, realizada no período noturno, mais difícil. "Nunca pilotei com a pista molhada aqui, não sabemos como vai ser com as luzes. Eu acho que ninguém nunca pilotou um carro de Fórmula 1 à noite, durante a chuva e com luzes. Eu acho que vai ser muito escorregadio, porque este circuito não tem muita aderência", disse.

Vettel negou que esteja insatisfeito com o desempenho da Red Bull, que tem sofrido para ser competitiva em algumas provas, como aconteceu no GP da Itália. "Acho que sempre tive um carro que era bom o suficiente para terminar entre os cinco primeiros. Eu acho que é bastante consistente, se você olhar para o campeonato até agora", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.