Christof Stache/AFP
Christof Stache/AFP

Vettel celebra domingo redentor em corrida 'interminável' em Hockenheim

'A batalha foi longa até ser o segundo', comemorou o alemão que largou em último na etapa

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2019 | 15h23

Sebastian Vettel foi o grande personagem do dia no GP da Alemanha de Fórmula 1, neste domingo. Com uma atuação de extrema superação, o alemão conseguiu se recuperar quase que totalmente de um sábado desastroso no qualificatório e assegurou um segundo lugar no pódio de uma corrida caótica que deve demorar a sair da memória do público.

O piloto da Ferrari teve de largar no 20º e último lugar devido a um problema no turbo do seu carro que sequer o deixou ir para a pista no sábado. Neste domingo, junto com a forte chuva que passeou sobre o Circuito de Hockenheim, o sol e a sorte retornaram para recolocar o tetracampeão mundial numa posição de ataque, especialmente na segunda metade da prova.

"Parecia uma corrida interminável, mas estou muito feliz", comentou o piloto, que contou com uma boa estratégia de corrida para chegar ao quinto lugar na última entrada do safety car na pista. A partir de então, Vettel disse que passou a confiar em um grande resultado e tornou-se bem mais agressivo.

"Só conseguia pensar em superar cada carro por vez. Quando o último safety car saiu, eu sabia que era mais rápido e ultrapassar talvez tenha se tornado algo mais simples. Os outros pilotos foram mais cautelosos e eu, por outro lado, dei tudo e consegui fazer boas manobras na reta oposta. A batalha foi longa até ser o segundo", contou o piloto da Ferrari.

O segundo lugar a pouco menos de 40km de sua cidade natal, Heppenheim, deu ao alemão um novo ânimo em um campeonato amplamente dominado pelas Mercedes, que acabaram, por sua vez, tendo um domingo dos mais ruins.

Agora, Vettel é o quarto colocado no Mundial de Pilotos, com 141 pontos, chegando um pouco mais próximo dos líderes. Mesmo terminando apenas em 11º, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, ainda abre a classificação com 223 pontos, seguido por seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas (184), e pelo holandês da Red Bull, Max Verstappen (162), vencedor da prova alemã.

A próxima corrida do Mundial de Fórmula 1 está agendada para a Hungria, no próximo domingo, com largada prevista para as 10h10 no Circuito de Hungaroring.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Sebastian Vettel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.