Vettel celebra melhor tempo do dia, mas quer evolução

Líder do Mundial e piloto mais rápido do primeiro dia de treinos livres para o GP da Hungria de Fórmula 1, nesta sexta-feira, Sebastian Vettel ainda parece não estar plenamente satisfeito. Apesar da dobradinha da Red Bull nas duas sessões - Webber foi o segundo mais rápido em ambas nesta sexta -, o piloto alemão cobrou evolução para a prova de domingo.

AE, Agência Estado

26 de julho de 2013 | 14h37

"O carro parece bom, mas há sempre muito trabalho para fazer e há algum espaço para evolução. Minha volta não foi totalmente limpa, já que tivemos que abortar no começo graças ao freio estar um pouco quente, mas trabalhamos para encontrar o limite. Eu não acho que os pneus parecem tão diferentes, mas eles estão um passo a mais na direção certa", declarou.

Companheiro de Vettel, Webber também viu poucas mudanças em relação aos pneus - no final de semana do GP da Hungria, a Pirelli está estreando os novos compostos que serão utilizados até o fim da temporada. O australiano, ao contrário do alemão, no entanto, parece plenamente satisfeito com seu carro.

"Os pneus estão parecidos com os usados antes, já havíamos tido uma sensação boa nos testes de Silverstone. Foi tudo bem hoje (sexta) e estou feliz, o carro pareceu estar bem e a equipe fez um grande trabalho. Domingo é o objetivo, o treino de classificação é importante, mas domingo é o foco", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.