Mohd Rasfan/AFP
Mohd Rasfan/AFP

Vettel festeja e crê no penta: 'Vamos tornar o impossível possível'

Alemão da Ferrari comemora muito a vitória no GP de Cingapura

Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2015 | 16h21

O alemão Sebastian Vettel conquistou neste domingo, no GP de Cingapura, a terceira vitória na temporada. Em um final de semana perfeito, o piloto da Ferrari fez a pole e liderou a corrida de ponta a ponta. Apesar de estar 49 pontos atrás do inglês Lewis Hamilton na classificação, Vettel ainda acredita no pentacampeonato.

"Temos que nos preocupar com a gente e atacá-los ao máximo até o fim. Não podemos controlar o que eles fazem, mas talvez a gente consiga tornar o impossível possível", afirmou Vettel ainda no pódio, em Marina Bay.

Vettel estranhou a ausência da Mercedes na disputa pelas primeiras colocações na prova deste domingo. Durante os treinos livres, ele chegou a considerar que a escuderia a ser batida estava escondendo o jogo. "Não sabemos por que, mas para ser honesto, nós não nos preocupamos. Estou muito feliz com a equipe hoje, temos tido muito trabalho desde que cheguei aqui", analisou.

Sobre a corrida, o piloto alemão afirmou que chegou a sofrer alguma pressão de Daniel Ricciardo, da Red Bull, mas conseguiu manter o ritmo. "Foi tudo incrível neste final de semana. A prova foi intensa e longa. Sofri alguma pressão. Éramos os dois carros mais rápidos hoje, mas controlei bem, sempre de olho no desgaste dos pneus. Tudo correu bem. O carro estava fantástico, e controlei a vantagem até o fim. Hoje estamos no paraíso, mas sei que ainda temos um longo caminho a percorrer", enfatizou.

Kimi Raikkonen, por sua vez, comemorou a presença no pódio com o terceiro lugar obtido neste domingo, assim como destacou que não tinha como alcançar Vettel e Ricciardo, tendo em vista o alto desgaste dos pneus. "Até os acompanhei no começo, mas depois os pneus ficaram gastos. Hoje foi uma luta, eu tinha um bom ritmo, mas não tinha nada a fazer sobre os dois primeiros. De qualquer jeito, ser terceiro é um bom resultado e tenho certeza de que vamos conseguir repetir outras vezes", disse.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontecerá no próximo domingo, no circuito de Suzuka, no Japão. Faltam seis provas para o término da competição e Lewis Hamilton lidera o campeonato com 252 pontos, seguido por seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, que tem 211. Vettel ocupa o terceiro lugar com 203. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, está em sexto com 97 pontos e Felipe Nasr, da Sauber, é o 13º, com 17.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.