Vettel diz estar orgulhoso após segunda vitória em 2011

Piloto domina prova na Malásia, vence e dispara na liderança do mundial de pilotos

AE, Agência Estado

10 de abril de 2011 | 09h39

KUALA LUMPUR - O alemão Sebastian Vettel celebrou neste domingo um início de temporada perfeito. Depois de conquistar a pole position e vencer o GP da Austrália, o piloto da Red Bull voltou a repetir o feito no Autódromo Internacional de Sepang, onde foi realizado o GP da Malásia. Líder do Mundial de Pilotos com 50 pontos, Vettel se declarou orgulhoso do momento que está vivendo.

 

"Estou muito satisfeito com o resultado de hoje. Eu amo o que faço e não acho que eu poderia estar mais feliz neste fase. Foi bem perto, por isso precisamos manter a calma e continuar lutando, mas os caras sabem que este é o caminho a seguir, por isso não estou preocupado. Mas por hoje, vamos comemorar e estar muito orgulhosos", afirmou.

 

Para Vettel, a largada foi decisiva para a sua vitória na Malásia. O piloto alemão manteve a dianteira e viu Nick Heidfeld, da Renault, assumir a segunda colocação. A situação lhe permitiu abrir uma distância confortável para os pilotos da McLaren, considerados os seu principais concorrentes na prova.

 

"A largada foi crucial. Eu pensei que era um bom começo, mas depois eu vi Lewis atrás de mim, fiquei surpreso ao entrar na curva um, de repente eu vi uma coisa preta nos meus espelhos, eu sabia que era uma Lotus [Renault]. Para a primeira parte, foi uma boa coisa para acontecer, eu pude abrir volta a volta. A corrida inteira foi muito diferente do que vimos há duas semanas. Estava muito mais perto e havia mais pit stops, por conta dos pneus", disse.

 

Veja também:

linkVettel domina GP da Malásia e vence segunda em 2011

linkMassa: erro da Ferrari impediu briga pelo pódio

linkAlonso e Hamilton são punidos por colisão

linkRÁDIO - Ouça a narração da bandeirada final na Malásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.