Vettel diz que era impossível treinar na chuva em Spa

A chuva que atingiu o circuito de Spa-Francorchamps praticamente arruinou a sexta-feira dos pilotos e equipes, que se preparam para o GP da Bélgica, marcado para o domingo. O alemão Sebastian Vettel, que ficou em nono lugar no primeiro treino livre e nem registrou voltas rápidas na segunda atividade, disse que era impossível dar voltas em razão das condições instáveis.

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2012 | 13h13

"É uma pena quando há tanta água, nós adoraríamos ir mais para a pista, mas não podíamos. É uma pena para os fãs na pista. Está ventando bastante e provavelmente não estava muito agradável ficar nas arquibancadas", disse Vettel, que venceu o GP da Bélgica no ano passado.

Assim, o piloto alemão torce para que o treino de classificação no sábado seja disputado com a pista seca. "Espero que eles possam voltar amanhã com roupas secas e nós tenhamos um pouco de sol, que é a previsão de qualquer maneira. Você não pode correr nestas condições, pois os pneus não podem se livrar da água", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.