Jerome Miron/USA Today Sports
Jerome Miron/USA Today Sports

Vettel diz que ficou surpreso com domínio de Bottas no treino classificatório

Alemão revelou que não esperava que a distância de Bottas fosse tão grande em relação aos demais pilotos

Redação, Estadão Conteúdo

11 de maio de 2019 | 16h50

Terceiro colocado no grid de largada do GP da Espanha de Fórmula 1, que será realizado neste domingo, no circuito de Montmeló, em Barcelona, o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, disse que ficou surpreso com o domínio de Valtteri Bottas, pole no treino classificatório de sábado com certa tranquilidade, à frente do companheiro de Mercedes Lewis Hamilton.

Apesar de não ser uma grande surpresa a superioridade neste ano da Mercedes, que fez história com quatro dobradinhas nas quatro primeiras provas da categoria, Vettel disse que não esperava que a distância de Bottas fosse tão grande em relação aos demais pilotos.

"Chegando aqui, não esperávamos isso (domínio de Bottas)", disse Vettel. "Mas também parece que perdemos uma grande quantidade de tempo no último setor. Então, definitivamente, há um dever de casa para ser feito. Nós conhecemos esta pista muito bem, assim como todo mundo, mas, com as condições de hoje, nós simplesmente não fomos capazes de alcançar a Mercedes", completou.

Mesmo com a atualização de motor e da parte aerodinâmica antecipada para Barcelona, a Ferrari não conseguiu fazer frente à Mercedes. Em nenhum momento, a escuderia italiana ameaçou a Mercedes. Vettel admitiu que o desempenho não foi bom, mas afirmou que fez o que pôde. "Acho que tiramos tudo do carro. Estou feliz, mas não tanto. O carro não parece ruim, mas obviamente não somos rápidos o suficiente", analisou.

INSATISFEITO - Charles Leclerc se mostrou descontente com seu rendimento no treino classificatório. O piloto monegasco da Ferrari, que largará em quinto, lamentou o problema que teve com a zebra no Q2 (segunda parte da sessão que definiu o grid), que o fez perder muito tempo e o afastou da briga pela pole.

"Não estou muito feliz. Sobre o Q2, não entendo como eu pude ter perdido tanto na zebra. Não esperava por isso. Tive um pouquinho de saída de frente, mas continuei acelerando imaginando que tudo estivesse bem", afirmou o piloto da Ferrari.

A largada do GP da Espanha, a quinta corrida da temporada da Fórmula 1, será neste domingo, às 10h10 (horário de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.