Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

Vettel diz que garantiu triunfo nas voltas iniciais do GP da Turquia

Pole, o alemão se manteve na frente e praticamente não disputou posição durante a corrida

AE, Agência Estado

08 de maio de 2011 | 13h46

ISTAMBUL - O alemão Sebastian Vettel avaliou que a sua vitória no GP da Turquia praticamente foi definida antes do seu primeiro pit stop. Pole position, o piloto da Red Bull manteve a dianteira na largada e conseguiu manter uma vantagem confortável nas voltas iniciais, o que contribuiu para a conquista da terceira vitória em quatro corridas da Fórmula 1 disputadas em 2011.

"Na corrida, tivemos uma primeira parte muito boa, consegui uma vantagem e você sempre pode se beneficiar disso. No fim eu fiz duas partes curtas, o que era a coisa certa a fazer, foi perfeito hoje", afirmou Vettel, que lidera o Mundial de Pilotos com 93 pontos, 34 à frente do inglês Lewis Hamilton, da McLaren, e não foi ameaçado por outros pilotos na prova deste domingo.

Apesar do indiscutível domínio dele e da Red Bull no início do campeonato da Fórmula 1, o piloto alemão não se considera imbatível. "Nós não sabemos o que virá, então temos que pensar corrida a corrida. Haverá dias em que seremos batidos, mas precisamos minimizar a derrota. Mas hoje foi um grande resultado para a equipe", disse.

Vettel aproveitou para dedicar a sua vitória aos membros da Red Bull, que consertaram o seu carro após um forte acidente no primeiro treino livre da Turquia. "Foi um grande resultado hoje, especialmente depois que eu dei a equipe tanto trabalho na sexta-feira. Eu esperava dar uma vitória para que de alguma forma eles esquecessem. Sábado de manhã foi crucial. Quando entrei na garagem, todos me deram a impressão de que nada estava errado e não havia nada para me preocupar. Toda a equipe estava trabalhando tão duro para conseguir recuperar o carro e momentos como estes são importantes", comentou.

Apoiado pela Red Bull desde o início da sua carreira, Vettel destacou a sua sinergia com a equipe. "A equipe está perto de mim e se eles não estão felizes ou desmotivados isso reflete em mim e vice-versa, por isso depois de ter ficado um pouco para baixo na sexta-feira, eles me levantaram", declarou.

Veja também:

link Vettel vence na Turquia e dispara na Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.