Vettel diz que não se arrepende de deixar Toro Rosso em 2009

Alemão de apenas 21 anos, vencedor do Grande Prêmio da Itália, irá correr pela Red Bull na próxima temporada

EFE,

25 de setembro de 2008 | 13h20

Atual sensação da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel diz que não se arrepende de ter acertado sua ida para a Red Bull na próxima temporada, deixando a Toro Rosso, pela qual venceu o Grande Prêmio da Itália.Apesar dos melhores resultados e maior evolução da escuderia italiana, o piloto de 21 anos evitou falar que a Red Bull está vivendo um momento pior do que a Toro Rosso, sua equipe satélite."Estou convencido que esta foi a decisão certa a ser tomada para o próximo ano. Obviamente, há muito o que fazer. Acredito que seja injusto dizer que eles (Red Bull) estão piores que a Toro Rosso no momento", assinalou."Posso falar apenas da situação da Toro Rosso. Temos trabalhado duro e o resultado de Monza foi merecido", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.