Thomas Peter/ Reuters
Thomas Peter/ Reuters

Realista, Vettel aponta Mercedes como favorita no GP do Japão

Piloto destaca chances da Ferrari em erros dos carros alemães

Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2015 | 11h56

Após dominar o GP de Cingapura no último fim de semana, quando foi o pole position e venceu a prova com tranquilidade, o alemão Sebastian Vettel disse não acreditar que a situação se repetirá em Suzuka. Ele avaliou que a Ferrari deve ser novamente competitiva no GP do Japão e nas próximas provas, mas destacou que o favoritismo permanece com os dois pilotos da Mercedes - o inglês Lewis Hamilton e o alemão Nico Rosberg.

"Eu acho que nós podemos estar razoavelmente confiantes, mas é claro temos de ser realistas. Eu acho que nós aprendemos ao longo do caminho por isso espero que signifique que vamos ser um pouco mais fortes novamente, mas o favoritismo ainda permanece com os dois carros da Mercedes", disse.

Vettel admitiu que ficou surpreso com o péssimo desempenho da Mercedes no GP de Cingapura, com os seus pilotos não lutando pela pole position e também ficando fora do pódio - Hamilton, inclusive, abandonou a prova. Mas o alemão não acredita que os problemas e a falta de competitividade vão se repetir no GP do Japão, ainda mais pelas características do circuito de Suzuka.

O alemão destaca, porém, que várias situações podem influir no resultado da prova, incluindo a instabilidade climática. Por isso, destaca a importância da Ferrari aproveitar as chances que surgirem para deixar o Japão com um bom resultado.

"De certa forma, foi uma grande surpresa ver a Mercedes sofrendo, o que eu não espero ser o caso aqui. Mais uma vez, seria uma grande surpresa. Mas se a oportunidade surgir, temos de aproveitar. Como eu disse, a natureza da pista é completamente diferente aqui. Nós vamos ter que esperar. O clima pode trazer uma série de surpresas também. Vai ser um fim de semana difícil", comentou.

Com a vitória em Cingapura, Vettel se aproximou mais dos pilotos da Mercedes na luta pelo título mundial. O alemão está em terceiro lugar no campeonato com 203 pontos, atrás do líder Hamilton, com 252, e do segundo colocado Rosberg, com 211.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.