Vettel diz que tentou induzir Alonso ao erro

Depois de terminar na segunda colocação do GP de Cingapura de Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel lamentou neste domingo as dificuldades de conseguir ultrapassar no circuito. Atrás de Fernando Alonso e com um carro mais veloz, ele contou que tentou então induzir o espanhol ao erro.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2010 | 17h47

"Tentei pressionar Fernando o máximo que pude e induzi-lo ao erro, mas ele não cometeu nenhum. É difícil ultrapassar aqui, teria sido arriscado para os dois. O mais importante é que o carro foi rápido e competitivo durante o fim de semana", afirmou o piloto da Red Bull.

Satisfeito com a segunda colocação, Vettel comemorou os pontos somados em Cingapura. "Foi bom somar esses pontos para a equipe, isso nos ajuda muito no campeonato", afirmou. O piloto alemão está na quarta colocação da classificação geral com 181 pontos, 22 atrás do líder e seu companheiro Mark Webber.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.