Vettel e Webber lamentam estratégia fracassada

Sebastian Vettel e Mark Webber terminaram o GP da Hungria de Fórmula 1, neste domingo, com a sensação de que poderiam ter conquistado um resultado melhor do que o quarto lugar obtido pelo alemão e a oitava colocação amargada pelo australiano. O atual bicampeão do mundo largou do terceiro posto do grid, mas acabou ficando fora do pódio após a Red Bull adotar uma estratégia de três paradas nos boxes, enquanto o vice-líder do campeonato deste ano esteve longe de brigar pelas primeiras posições.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2012 | 13h59

"Acho que a nossa velocidade geral foi melhor do que o resultado real que temos hoje", lamentou Vettel, deixando claro que não podia reclamar do rendimento do seu carro. O alemão, porém, não ficou plenamente satisfeito com a estratégia da Red Bull. "Os pneus não estavam tão ruins no final, mas penso que devemos tentar algo, os pneus dos carros na frente da gente poderiam ter caído de rendimento, mas isso não aconteceu", completou.

Webber, por sua vez, seguiu a mesma linha de discurso do seu companheiro ao admitir que ele, o alemão e a Red Bull esperavam por uma queda de rendimento dos pneus dos carros dos seus concorrentes no fim da corrida, o que acabou não se concretizando. "Por várias vezes neste ano os pneus pararam de funcionar bem no fim da corrida. Hoje (domingo) isso não aconteceu desta forma e nós perdemos posições tentando algo diferente", disse o australiano.

"Eu estava mais rápido nos momentos finais, mas é difícil ultrapassar aqui (na Hungria)... Ainda assim, subi três lugares desde o início, temos bons pontos e o campeonato está muito aberto para o resto do ano", reforçou Webber.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.