Jason Lee/Reuters
Jason Lee/Reuters

Vettel e Webber mais uma vez na 1.ª fila, agora no GP da China de F-1

Alemão da Red Bull faz a terceira pole em 4 corridas no ano; Massa é o melhor brasileiro, em 7.º

MILTON PAZZI JR., estadão.com.br

17 de abril de 2010 | 04h15

A Red Bull mais uma vez fez uma dobradinha na primeira fila do grid, agora para o GP da China de Fórmula 1. O alemão Sebastian Vettel fez sua terceira pole position na temporada (em quatro corridas) e terá ao lado o companheiro australiano Mark Webber na largada neste domingo, às 4 horas (de Brasília). Fernando Alonso (Ferrari) é quem sai em terceiro e o melhor brasileiro é Felipe Massa, que fez o sétimo melhor tempo.

Veja também:

linkErro na última curva faz Massa ser 7.º no grid

linkWilliams teve de trocar o motor do carro de Rubens Barrichello

linkHRT contrata Sakon Yamamoto como piloto de testes

link Schumacher admite decepção, mas tenta ser otimista

link Vettel comemora pole e carro 'muito bom' da Red Bull

Com 22 anos, Vettel conseguiu a melhor marca (1min34s558) em sua última tentativa e festejou com uma provocação à McLaren (que teve bom desempenho nos treinos livres em Xangai) via rádio com seu engenheiro, questionando sobre uma possível suspensão móvel irregular que seu carro teria - não comprovada até o momento pelos fiscais da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

As McLarens dos últimos campeões mundiais da categoria ficaram para trás, sendo superadas por um Mercedes (Nico Rosberg, o quarto colocado): Jenson Button é o quinto e Lewis Hamilton o sexto. O alemão Michael Schumacher outra vez não conseguiu superar o companheiro de equipe e larga apenas na nona posição.

O treino deste sábado teve tempo bom e temperatura média de 20ºC, melhor do que o começo da semana, quando ficou perto de zero. Com isso, nenhum dos favoritos teve maiores dificuldades para conseguir o aquecimento ideal dos pneus pelas condições climáticas, a maior preocupação até então. O problema para todos é que continua alta a possibilidade de chuva durante a corrida, aliada à temperatura que pode cair.

Segundo grupo. Os outros três brasileiros não chegaram à sessão final do treino: Rubens Barrichello (com problemas para melhorar sua Williams porque parte do equipamento ficou preso na alfândega chinesa) é o 11.º, Lucas di Grassi (que tinha como meta colocar seu Virgin à frente da Lotus, mas não conseguiu) é o 22.º e Bruno Senna (incomodado com uma mudança de aceleração no seu HRT pelos mecânicos sem ser avisado) é o 23.º e penúltimo colocado.

A surpresa na primeira sessão, de forma negativa, foi a eliminação do italiano Vitantonio Liuzzi, com a Force India. Ele fica com o 18.º lugar. Pelo lado positivo, a classificação do russo Vitaly Petrov para o Q2, pois bateu forte no último treino livre após errar e escapar da pista, atingido a proteção de pneus de frente. A Renault conseguiu arrumar o carro a tempo de lhe permitir ir à pista e conseguir o 14.º lugar no grid.

O indiano Karun Chandhok, da HRT, perderia cinco posições por um erro da equipe - mexeu na caixa de câmbio sem a presença de um fiscal da FIA - mas nada muda, já que fez o pior tempo de todos os 24 pilotos. Ele e as outras novatas da temporada (Virgin e Lotus) continuam se revezando nas últimas posições. A corrida terá 56 voltas.

FÓRMULA 1 2010 - GP DA CHINA

GRID DE LARGADA (56 voltas)

1.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min34s558

2.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min34s806

3.º - Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min34s913

4.º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min34s923

5.º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min34s979

6.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1min35s034

7.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min35s180

8.º - Robert Kubica (POL/Renault), 1min35s364

9.º - Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min35s646

10.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min35s963

11.º - Rubens Barrichello (BRA/Williams), 1min35s748

12.º - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1min36s047

13.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min36s149

14.º - Vitaly Petrov (RUS/Renault), 1min36s311

15.º - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1min36s422

16.º - Nico Hulkenberg (ALE/Williams), 1min36s647

17.º - Pedro de la Rosa (ESP/Sauber), 1min37s020

18.º - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India), 1min37s161

19.º - Jarno Trulli (ITA/Lotus), 1min39s278

20.º - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), 1min39s399

21.º - Timo Glock (ALE/Virgin), 1min39s520

22.º - Lucas di Grassi (BRA/Virgin), 1min39s783

23.º - Bruno Senna (BRA/HRT), 1min40s469

24.º - Karun Chandhok (IND/HRT), 1min40s578

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.