Nelson Antoine/AP
Nelson Antoine/AP

Vettel evita fazer promessa, mas confia em evolução da Ferrari no Bahrein

Alemão se frustrou com o fim de semana que a escuderia teve na última prova, na Austrália

Redação, Estadão Conteúdo

28 de março de 2019 | 16h06

Depois de uma estreia decepcionante na Austrália, a Ferrari deve evoluir bastante para o GP do Bahrein de Fórmula 1, que será disputado neste domingo. É nisto que confia o alemão Sebastian Vettel, embora ele próprio evite fazer promessas de melhora para a segunda prova do calendário, em Sakhir.

"As coisas mudam. Agora, estamos no Bahrein, em uma pista diferente, mas eu acho que aprendemos algumas coisas sobre o carro e sobre nós mesmos que devem nos ajudar a ser mais competitivos aqui. Acho que não estamos em uma posição de fazer promessas, mas a verdade é que precisamos esperar e ver", declarou.

Depois de se destacar nos testes de pré-temporada, a Ferrari sequer ficou no pódio em Melbourne, na primeira etapa da temporada. Vettel foi o quarto colocado, enquanto seu companheiro, Charles Leclerc, ficou em quinto em sua estreia pela equipe. Para evitar que este cenário se repita, o alemão garantiu que houve muito trabalho.

"As últimas duas semanas foram muito intensas. Eu acho que temos algumas respostas", afirmou. "Nestas duas semanas, não foi fácil tentar entender e resolver. Claramente, há alguma coisa que não percebemos, já que tínhamos um carro muito bom na pré-temporada. Não estamos certos o que aconteceu na primeira prova, mas esperamos recuperar isso."

Leclerc concordou com Vettel e apontou que a Ferrari precisa manter a "mentalidade". "Acho que a mentalidade foi a correta e precisamos seguir assim o ano todo. Obviamente, sabemos que há muito trabalho a fazer, mas estou bem confiante. Como eu disse, a equipe fará de tudo para melhorar o carro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.